Nem tudo começa aqui e nem tudo acaba aqui

Uma viagem conduzida por:

quinta-feira, outubro 04, 2007

"Uma árvore não esquece..."


Naquele Tempo ele não sabia se aquelas árvores algum dia serviriam de sombra ao caminho de alguém. Simplesmente as plantou lado a lado e, por debaixo das pequenas árvores, ainda com troncos frágeis, imaginou alguém que se sentaria naqueles bancos de jardim, conversando...
De repente lembrou-se que tudo aquilo... daquele espaço... seria visitado por quem nunca o viu nem nunca saberia quem ele era?... por momentos sentiu algo estranho... estaria ele esquecido no Tempo? Perdido num labirinto de uma qualquer existência?
Fez o que tinha a fazer...
Pensou para si mesmo... " O Tempo me lembrará... aquelas árvores sabem quem sou, e, de cada vez que uma criança brincar debaixo de uma árvore, plantada por mim, o vento fará ouvir o meu nome, porque uma árvore não esquece..."

1 comentário:

Caçador de Palavras disse...

o tempo nunca se esquoce de nós

;-)

aquele abraço

Arquivo do blogue