Nem tudo começa aqui e nem tudo acaba aqui

Uma viagem conduzida por:

domingo, dezembro 25, 2011

O Apelo Do Firmamento



" Hoje não sei como escrever, nem a quem escrever... no entanto, algo me diz para o fazer...
Por várias vezes me recordo de em criança estar em casa dos meus avós e de escutar as histórias que, em especial, o meu avô me contava... sem o saber, ele era bem especial para mim... que sensação de segurança nos dava sempre que nos ia visitar ou, de cada vez que aparecia...
Sei lá se ele me lê neste momento, mas se ler, dirá que saí a ele, ele escrevia também, secretamente, poemas...
Talvez  um dia em consiga ler no Tempo...
Talvez um dia as minhas palavras ganhem Vida e faça voltar o Tempo atrás...
Queria tanto abraçar-te, hoje e agora avô... "


3 comentários:

a ALMA das IMAGENS disse...

Nós sempre sabemos o que fazer: Basta silenciar e escutar a voz do nosso coração. Como diz Paulo Coelho: "Escute seu coração. Ele conhece todas as coisas, porque veio da Alma do Mundo e um dia retornará para ela."
Abraço na alma e FELIZ ANO

O Cercadinho disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Caçador de Palavras disse...

o natal tem esse condão de evocar os fantasmas dos natais passados... bons fantasmas, que lamentamos não nos visitarem mais...

aquele abraço

Arquivo do blogue