Nem tudo começa aqui e nem tudo acaba aqui

Uma viagem conduzida por:

quarta-feira, fevereiro 18, 2009

[ Eu estarei lá... haja o que houver... venha o que vier... ]



" Aquela promessa feita pelo profeta deu-lhe um ânimo à alma que nunca sentira antes... «Eu estarei lá... haja o que houver... venha o que vier...»... seria mesmo assim? Seria uma promessa eterna? Ou teria um Tempo... como tudo no Cosmos?
Pelo modo como o ouvira dizer, pelo olhar intenso olhando nos seus olhos não teve qualquer dúvida... aquela promessa teria um Tempo de Eternidade maior do que qualquer outra coisa que já existiu ou existirá...
Subiu a colina e olhou o farol, testemunha silenciosa do que acabara de relembrar, e pensou «Eu sei que estarás lá... espera por mim... eu irei ter contigo, haja o que houver venha o que vier... »

1 comentário:

Caçador de Palavras disse...

a promessa duma promessa pode ser a mais bela interacção entre dois seres humanos...

;-)

aquele abraço

Arquivo do blogue