Nem tudo começa aqui e nem tudo acaba aqui

Uma viagem conduzida por:

sexta-feira, abril 13, 2007



Não sei o que me faz olhar uma imagem e tentar transformá-la num poema...

Talvez seja eu próprio que me veja assim, talvez seja o meu inconsciente a tentar buscar o caminho certo, um caminho que está traçado, algures entre o que sou e sonhei ser... porque há um muro que nos separa daquilo que somos e sonhámos...

Lembrei-me do poeta e daquele verso, "ninguém cumpre o destino que lhe cumpre, nem deseja o que cumpre nem cumpre o que deseja...",

apesar de tudo de uma coisa posso estar certo... fosse qual fosse o caminho, o céu seria sempre azul... e eu, muito provávelmente, chegaria ao mesmo dilema... como se transforma uma imagem num poema...

2 comentários:

Caçador de Palavras disse...

mas este post é mais uma parte daquilo que te cumpria cumprir...

;-)

um grande abraço

Anónimo disse...

Sinto em vossas palavras uma descrição premenorizada do meu estado de espirito.. talvez... "almas" gémeas...
Parabéns pelo blog

Arquivo do blogue