Nem tudo começa aqui e nem tudo acaba aqui

Uma viagem conduzida por:

segunda-feira, maio 26, 2008

Um lugar no Tempo



E se não fosse a primeira vez que viajas por entre estas montanhas? O sentir que, de algum modo, pertences a este lugar, a este espaço de onde um dia partiste de asas ao vento...
No silêncio da madrugada tens a certeza de que parte dos sonhos o Tempo os guardou, nalgum recanto da imagem que guardas na tua memória...
E perguntas ao Tempo qual o teu lugar na imensidão...
Um dia... tu sabes... o Tempo te responderá...

3 comentários:

Laranjinha disse...

Num sentimento que se repete vezes sem fim...
O sentimento desconhecido de pertença e o desejo de eterna existência.*

tb disse...

quem sabe se u mdia o Tempo responde e a verdade se abre?!...

Caçador de Palavras disse...

reminescente tb para mim...

;-)

aquele abraço

Arquivo do blogue