Nem tudo começa aqui e nem tudo acaba aqui

Uma viagem conduzida por:

quinta-feira, julho 10, 2008

Imagens Voláteis


Qual a duração de uma vida?

O Tempo de atravessar uma qualquer rua, num qualquer dia?

Revejo no cimo da montanha feita de sonhos, o caminho onde caminho... dentro e fora de mim...

As nuvens rodeiam-me resgatando-me da Terra que me fez existir...

Talvez o Tempo de uma vida seja isso mesmo...

O Tempo de atravessar uma rua, onde, do lado de lá...

Te aguarda aquela imagem volátil da montanha que um dia te fez sonhar...

2 comentários:

Caçador de Palavras disse...

talvez o tempo não seja mais do que isso ;-)

aquele abraço

Antonio disse...

A vida é passageira!

Gostei muito do blog.
Abraço.

Arquivo do blogue