Nem tudo começa aqui e nem tudo acaba aqui

Uma viagem conduzida por:

quarta-feira, julho 30, 2008

Versus



" Não, não moras em Marte nem tão pouco a subtileza das palavras querem dizer mais do que julgas... é a tua imaginação que te faz existir... ser está para além da realidade... da tua própria realidade... quando ao espelho tentas reconhecer um poema que está para nascer... esse sim é o mais breve contacto que terás com a realidade não imaginada..."

2 comentários:

barbaraciliano disse...

Gosto do que li :)

Caçador de Palavras disse...

duelo ao espelho?

;-)

magnífico texto

aquele abraço

Arquivo do blogue