Nem tudo começa aqui e nem tudo acaba aqui

Uma viagem conduzida por:

terça-feira, dezembro 16, 2008

[ A Alma do Tempo... ]


" Ele em criança sabia que os animais eram parte da natureza, habitavam as suas histórias, sonhava e falava com eles a mesma linguagem...
Ele sabia que os animais sentiam e ouviam o mesmo que ele... nem era preciso falar com o seu cão, amigo de tantas brincadeiras, cofre dos seus segredos e seu confidente. Sempre que algo não estava bem, era a ele que se dirigia... abraçava-o e ele retribuía olhando-o fixamente nos olhos... porque é assim a verdadeira amizade... estivesse onde estivesse, perto ou longe, nalgum passado, presente ou mesmo futuro ele lá estava... e já em homem o relembrava com um brilho nos olhos que escondia de todos... porque naqueles momentos voltava a ser criança.
Um dia... teve de partir... não se despedindo do seu amigo de brincadeiras... e nunca mais o viu. O seu coração ficou magoado, mas a vida corria mais depressa que ele mesmo... não se dando conta que aquele cão um dia o olhou sabendo que era a última vez que o iria ver... sim porque os animais sabem mais que nós... e ele só queria um abraço do seu amigo, daquela criança que ajudou a crescer e a tornar-se num homem... mas não se importou... aquele homem seria o seu amigo para sempre.
Um dia ao fechar o portão para partir ele latiu dizendo-lhe um adeus, os sons confundiram-se e o seu " menino" partiu sem olhar para ele...
Anos mais tarde o mesmo homem relembrou-o emocionado a alguém... e esse alguém contou-lhe que algures no Tempo, ele e o seu amigo de criança estavam ainda juntos... habitavam a Alma do Tempo..."

3 comentários:

Anónimo disse...

Um bonita história! Tão real como tantas outras...de animais ou mesmo entre pessoas em que se separam por diversas razões...não importa quais...a verdade é que custam...mas no fim prevalece uma incensa tão nobre...a Amizade! Parabéns pelo blog!
The moon

Caçador de Palavras disse...

esta tua história encheu-me a alma...

um grande abraço

Joana disse...

Que bonito! :)

Arquivo do blogue