Nem tudo começa aqui e nem tudo acaba aqui

Uma viagem conduzida por:

quarta-feira, dezembro 10, 2008

O Homem na Lua


Há já dois anos que o homem chegara à Lua.

Nunca se esquecera da primeira vez que vira a obra do homem a tocar a lua.

"É uma simples ilusão," protestaram alguns, "algo que daqui a poucos minutos se esfumará como se nunca tivesse acontecido."

O homem sorriu e comentou que uma viagem, maior do que aquelas que se realizam desgastando os sapatos, era empreendida no lado de dentro de cada pessoa.



( Hoje o Paralelo 77 comemora o seu segundo aniversário ;-) )

2 comentários:

Joana disse...

De facto a maior viagem que podemos realizar na vida é a que fazemos ao nosso interior. :)
Parabéns pelo aniversário!

Passageiro do Tempo disse...

Belo texto a comemorar o segundo aniversário deste espaço...

Tem sido uma "viagem" inesquecível... e deveras emocionante... obrigado companheiro de viagem!!!!


Um grande abraço!

Arquivo do blogue