Nem tudo começa aqui e nem tudo acaba aqui

Uma viagem conduzida por:

domingo, novembro 16, 2008

[ A Melodia do Silêncio ]


" Hoje sentes mais do que nunca o vazio, aquele sentimento que tão bem conheces voltou a habitar o teu peito.
As cores da montanha que ecoavam os teus pensamentos mais secretos, silenciaram esta manhã, quando no teu vale entraste... que aconteceu? Onde estão os pássaros, os teus amigos? Os duendes que sempre te acompanhavam em criança hoje esconderam-se na secreta floresta onde tantas vezes sorriste enquanto falavas com as árvores...
O velho carvalho que abraçaste um dia, sorriu-te e tu nem deste por isso... mas é ao pé dele que te sentes bem, sabes isso quanto eu... cada ramo dessa árvore seguraria o teu coração como se do seu próprio fruto se tratasse, e tu precisas dela, agora mais do que nunca, amanhã mais do que nunca...
Enquanto fechavas os olhos e sonhavas... na montanha uma melodia ecoava pelo vale fazendo-te lembrar que nunca vais estar só, que aquela é a tua casa... "

3 comentários:

Caçador de Palavras disse...

Há dias assim...

Tocante e fantástico texto ;-)

Aquele abraço

Joana disse...

Hoje este texto tem tudo a ver com o meu dia... Fiquei com um sorriso nos lábios até pq no alto da montanha existe um casa cheia de amor incondicional prontinha para nos abraçar e dar colinho :)

Anónimo disse...

Hoje senti-me assim... E foi bom ler as tuas palavras...


Marla

Arquivo do blogue