Nem tudo começa aqui e nem tudo acaba aqui

Uma viagem conduzida por:

domingo, novembro 30, 2008

[ Promessas não cumpridas... ]


" - Lembras ainda daqueles dias?
Perguntas tu no vazio da tua imaginação, quando ontem, olhavas as estrelas da meia noite que cintilavam por entre as nuvens da cidade branca ( como no teu poema...)
Somos tão iguais... e nem sabes quem sou... nem sabes quem és...
A noite não te sabe responder... apesar de olhares pela janela tentando reparar no teu reflexo, não te consegues ver... não te reconheces nos reflexos da noite... mas sabes que a habitas...
E de novo perguntas às estrelas...
- Onde estás? "
.

4 comentários:

Joana disse...

Há pessoas que andam uma vida inteira para se encontrarem e nunca perceberam que bastava terem olhado para o coração...

Caçador de Palavras disse...

uma partilha que fica para além do conhecimento ;-)

aquele abraço

a ALMA das IMAGENS disse...

o que procuramos longe sempre está muito perto... demasiado perto para o encontrarmos... Amei

Sandro disse...

Por dentre a procura daquilo que queremos, surge na maioria das vezes aquilo que somos...
Como eu digo, Sei Quem Sou, O que Quero e Para Onde Vou. Apenas Não Sei Quando Lá Chegarei...

Arquivo do blogue