Nem tudo começa aqui e nem tudo acaba aqui

Uma viagem conduzida por:

terça-feira, setembro 25, 2007

Sementes de Eternidade

A minha, a tua, a nossa viagem não dura mais que um sopro de eternidade... igual à viagem de uma folha de plátano que um dia, por ter chegado o seu Tempo, se soltou na imensidão, guiada por uma gota de água da chuva que guarda um imenso Universo por descobrir, dará Vida a uma Terra sedenta e ávida que guarda as sementes de novas vidas, novos mundos, novos sonhos e onde o teu coração pulsará eternamente...

3 comentários:

Caçador de Palavras disse...

ora aqui está um segredo que está à vista de todos que o quiserem conhecer

;-)

aquele abraço

Entre linhas... disse...

Tudo tem o seu tempo,ora com cores primaveris ora com cores do Outono.
Bom início de semana
BjsZita

Oscar disse...

Caros, citamos o mundo da mesma maneira, mesmo que em revés. Parabéns pelo blogue

Arquivo do blogue