Nem tudo começa aqui e nem tudo acaba aqui

Uma viagem conduzida por:

domingo, outubro 19, 2008

Antes que anoiteça


Por vezes tenho a sensação de que tudo à minha volta está no seu devido lugar... arrumado e guardado exactamente onde era suposto estar.

Nem sempre me parece correcto o local onde encontro arquivadas algumas das histórias, episódios e pequenos nadas dos quais se fez o meu caminho.

Por outro lado, não consigo deixar de encontrar uma insólita justeza e poética ironia no destino final de algumas das minhas expectativas e esperanças.

Tudo é cíclico, embora nada se repita.

Nunca vi dois pôr do sol iguais, o que, a bem dizer, não é digno de grande espanto, já que eu sou o denominador comum entre todos os pôr do sol a que assisti.

A fúria do mar estará em eterna desvantagem perante a serenidade do Tempo.

3 comentários:

Passageiro do Tempo disse...

Imagem e texto deslumbrantes... como só tu sabes...

Um grande abraço!

Joana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Joana disse...

Muito bonito, parabéns!
A foto é de uma praia que me traz imensas recordações. Daquelas que, como dizes, são pequenos nadas que fazem o nosso caminho. :)

Arquivo do blogue