Nem tudo começa aqui e nem tudo acaba aqui

Uma viagem conduzida por:

terça-feira, dezembro 12, 2006

Guardiã dos medos



Ele há uma serpente que se alimenta das sombras que vivem dentro do nosso coração.

2 comentários:

Sandra Marques disse...

Huum haver há, mas leva com cada pisadela que se arrepende logo e desaparece, levando com ela as más energias. Ah pois é!!!! :-D
Beijinhos.

Passageiro do Tempo disse...

Uma grande verdade essa... todos a temos no nosso caminho... será, certamente, um tema de conversa bem interessante.

Grande abraço

Arquivo do blogue