Nem tudo começa aqui e nem tudo acaba aqui

Uma viagem conduzida por:

domingo, janeiro 14, 2007

Escrito nas folhas


Nesta manhã serena e secreta, tento ler nas folhas qual o meu destino, talvez um dia saberei a mensagem que os deuses guardam para mim.
Procuro não lhes tocar para que o segredo continue como foi enviado.
A brisa da manhã deixa cair algumas "letras" desta mensagem que ao anoitecer me foram enviadas.
É sómente a Natureza a dar-me a ajuda que pedi.
De repente tudo faz sentido, mais uma lição aprendida... quando um momento nos é dado, quer seja pelo destino ou por outra razão qualquer, há que ter consciência de que esse momento nunca se repetirá. Nunca mais aquelas gotas, que habitavam na folha antes da brisa as ter levado voltarão a estar naquele lugar, naquela hora, naquele Tempo.
Da próxima vez, e sempre que puder, direi o que possívelmente nunca mais poderei dizer, porque nada se repete... porque as minhas palavras poderão perder-se para sempre, como aquelas gotas...

4 comentários:

Caçador de Palavras disse...

saber ler a vida é a mais rica das qualidades

;-)

um grande abraço, meu amigo

António Gil disse...

Ao ler o Teu belíssimo texto,cada vez mais reforço a convicção de que Tudo na Vida é Sagrado...abraço amigo...

Sandra Marques disse...

São tantas as vezes que deixamos algo por dizer e lá se perde mais uma oportunidade que Deus, sabiamente, colocou no nosso caminho.
Beijinhos!

Lenita Nabais disse...

Pensamentos brilhantes!!!
Querer é poder! A fé move montanhas e a acção gera produtividade!!!
Pelo sonho é que lutamos e pelos passos construímos o futuro próprio!
Quantas vezes perdemos oportunidades... por causa do medo de as perder !!! Beijinhos:))))))

Arquivo do blogue