Nem tudo começa aqui e nem tudo acaba aqui

Uma viagem conduzida por:

sexta-feira, janeiro 26, 2007



Sinto-me suspenso pela Luz que me envolve e à qual pertenço,
faço parte daquele lado de lá,
onde escuto,
outras formas de existência.

3 comentários:

Sissi disse...

AS PALAVRAS

Se disseres que me amas, acreditarei; mas se escreveres que me amas, acreditarei ainda mais.
Se falares da tua saudade, entenderei; mas se escreveres sobre ela, eu a sentirei junto contigo.
Se contares de tua tristeza, eu saberei; mas se a descreveres no papel, o seu peso será menor.
AS PALAVRAS ESCRITAS SÃO IMORTAIS!
Elas cruzam mares, saltam montanhas, atravessam desertos intocáveis.
Às vezes perde-se o autor, mas a mensagem sobrevive ao tempo, atravessando séculos e gerações, e será sempre revivida por todos aqueles que a lerem.
Ame, mate a saudade, perdoe, com palavras faladas e escritas!
Recupere o tempo perdido! Faça hoje um carinho especial!
A força das palavras é imensurável!

QUEM ESCREVE CONSTRÓI UM CASTELO, E QUEM LÊ PASSA A HABITÁ-LO.

BFS!

Eu sei se tratar de um texto feito, mas ele me diz muito...
Um abraço do tamanho do universo, para os meus amigos lindos!!!!!!
AMO VOCÉS!!!
Beijinhos
Sissi

Caçador de Palavras disse...

um belíssimo momento feito dessa comunicação mágica entre imagem e palavras

aquele abraço

Sandra Marques disse...

A consciência do subconsciente que o racionalismo humano insiste em repudiar só porque não é explicável.
Beijinhos e bom Domingo!

Arquivo do blogue