Nem tudo começa aqui e nem tudo acaba aqui

Uma viagem conduzida por:

domingo, janeiro 07, 2007

O Livro dos Dias


Saber ler os dias como quem lê um livro é saber ver em cada segundo uma letra, em cada minuto uma palavra, em cada hora uma frase, e descobrir nas pequenas ninharias a que ninguém dá importância uma linguagem mais antiga do que a própria mente que inventou todas as linguagens.

3 comentários:

António Gil disse...

Verdade Absoluta...todos ganhariamos imenso em Conhecimento e Humanidade se desconceptualizássemos a mente de inúmeros conceitos sem sentido...se nos habituássemos a ler o significado imanente das lições da Vida...creio que é isso que os orientais chamam de Meditação...;) grande abraço C...

Sandra Marques disse...

A linguagem da natureza que os seres humanos tentei a ignorar só porque não é racional e, sim, instintiva.
Bejitus :-)

Passageiro do Tempo disse...

O segredo do Caminho é esse..... aprender todos os dias com os sinais que a longa jornada nos oferece... e vivê-los cada segundo...

Belo texto e reflexão...
grande abraço!!!!!

Arquivo do blogue